PLANEJAMENTO DE E-MAIL MARKETING

Desde que se popularizou no final dos anos 90, o e-mail se tornou uma ferramenta muito utilizada tanto no meio corporativo quanto pessoal. Foi o início da conquista de uma liberdade que não conhecíamos, e significa não depender fisicamente de terceiros para transmitir uma mensagem, algo realmente surpreendente. Até então dependíamos dos correios, uma mensagem escrita só poderia ser entregue por carta ou telegrama.

Em pouco tempo as empresas notaram que o e-mail também é uma ótima forma de alcançar clientes e desta forma nasce o E-mail Marketing. Com o tempo foram surgindo novas técnicas e ferramentas que deixaram essa estratégia muito mais eficiente.

Algumas pessoas hoje em dia não acreditam no poder dessa ferramenta de marketing super poderosa que são os e-mails. O motivo para isso deve ser talvez pela falta de técnica e informação útil que alguns e-mails apresentam.

Engana-se quem pensa que o E-mail Marketing é algo simples, só enviar um e-mail para uma lista e pronto. Não! Para alcançar um objetivo é necessário fazer um planejamento, acompanhar os resultados e realizar adequações.

e-mail marketing

1) Tenha uma lista de e-mail segmentada

O primeiro passo para você promover um planejamento eficaz para os seu E-mail Marketing é ter um mailling (lista de e-mails), com leads segmentados. A sua base de e-mails precisa ser montada através de dados reais de pessoas que em algum momento demonstraram interesse por seus produtos ou serviços.

Depois de conseguir uma boa base, o ideal é segmenta-la de acordo com o interesse de cada público ex: Pessoas que se cadastraram na newsletter do site/blog para receber mais informações, conteúdos, pessoas que se cadastraram para participar de um evento, promoção.

O que não é nada recomendado, é utilizar listas compradas ou de pessoas que não se cadastraram, por livre e espontânea vontade, no site, blog ou Landing Page (página de conversão).

Segmentar sua base de e-mails fará com que você mantenha um bom relacionamento com seus LEADS e futuros clientes e garantirá que eles permaneçam inscritos.

público alvo ou persona

2) Utilize ferramentas que permitam a automação do e-mail marketing

Agora que você já sabe como criar a sua lista e mantê-la sempre crescendo, é hora de escolher a ferramenta de disparos, para facilitar o envio e gestão. Existem muitas ferramentas que permitem a automação do envio dos e-mails. Possibilitam a criação de campanhas completas, onde o lead é direcionado para uma próxima etapa conforme vai interagindo ou não com o conteúdo recebido.

Estas ferramentas permitem que você programe os envios de acordo com o que deseja e/ou estratégia definida, facilitando e otimizando o seu tempo, pois de uma só vez você pode programar o envio de uma semana, ou até mesmo de um mês inteiro e dessa forma engajar o público ainda mais.

Além de ajudar a não esquecer datas especiais, você poderá programar as promoções que quer oferecer, ou conteúdos específicos de datas comemorativas, sem correr o risco de deixar a data passar em branco.

3) Envie conteúdo de qualidade

Você já ouviu aquele ditado que diz: “Se não tem nada de interessante a dizer, então é melhor ficar calado”? Nas estratégias de e-mail se aplica muito bem. Quem nunca se se deparou com e-mails inconvenientes, insistentes, e sem conteúdo, ou seja, chatos. E-mails que não oferecem nada de bom, e só servem mesmo para ocupar espaço em sua caixa de entrada. Isso é irritante, não é mesmo?

Se você não quer fazer parte do time dos inconvenientes e sem utilidade, precisa oferecer conteúdo que faça alguma diferença na vida de quem recebe. Existem muitos formatos de conteúdos que podem ser enviados através do e-mail marketing:

FAQ : Perguntas e respostas frequentes, com esse e-mail dúvidas que possam estar adiando uma compra poderão ser sanadas e a compra efetuada.

Promoções: Promoções especiais para quem abrir o E-mail Marketing, ou até mesmo promoções que estejam ocorrendo nas lojas físicas, podem ser lembradas através deste canal.
Informativos: Algo interessante que seu público tome conhecimento, seja alguma ação social ou evento, também pode ser informado através de e-mails.

Links para conteúdos externos como vídeos, downloads de ebooks: este talvez seja o tipo de conteúdo mais importante, aqui você poderá enviar algo relevante de acordo com o perfil do seu público-alvo. É momento de oferecer de forma gratuita a solução de um problema do seu Lead.

Lembrando que tudo deve estar de acordo com o perfil de cada grupo de lead, e que o conteúdo precisa ter relevância, enviar conteúdo apenas para encher linguiça, com a intenção apenas de ser lembrado, pode surtir um efeito muito negativo.

4) Mantenha uma frequência de envio, não perca as datas especiais!

No mundo real as datas sazonais sempre são lembradas e aproveitadas para alavancar as vendas, lojas físicas fazem de tudo para chamar atenção e lembrar o público sobre as datas especiais. O e-mail marketing também deve fazer parte das ações, enviar um “lembrete” sobre a data, e nos dias seguintes manter uma frequência maior de envio com promoções, é uma ótima tática.

E por falar em frequência, não podemos esquecer de que toda campanha de E-mail Marketing, deve ser criada com base em uma frequência. Aqui vale sempre o uso do bom senso, encher a caixa de entrada do seu público não é uma boa prática, assim como passar longos períodos sem “aparecer” não é bom.

Procure variar na frequência de acordo com o tipo de conteúdo. Por exemplo, se é um conteúdo de newsletter envie uma vez por semana, se é um conteúdo promocional envie a cada 15 dias ou uma vez por mês. O recomendado é não passar de dois e-mails por semana.

5) Acompanhe os resultados e faça análises

Nem preciso falar sobre a importância de acompanhar os resultados, afinal não faz sentido investir em uma campanha de e-mail marketing sem querer saber quais resultados estão vindo dela.

As ferramentas de envio e gestão de e-mail marketing podem lhe oferecer os dados para a análise de sua campanha como: taxa de abertura, número de cliques, taxa de rejeição, remoções da lista, dias e horários de maior aceitação. Estes são alguns dos dados importantes para a sua análise.

Com estes resultados em mãos, você terá informações para definir seu planejamento da próxima campanha.

Deixar de planejar uma campanha de e-mail marketing é um grande erro que muitas empresas cometem. Ao não planejar as ações corretamente, você corre o risco de investir tempo e dinheiro e não obter nenhum resultado, ou ainda pior, obter resultados negativos causando uma impressão errada quanto ao seu produto, e até mesmo comprometer a imagem da sua empresa.

ferramentas de marketing digital

Silvio Carvalhal
Silvio Carvalhal

Colunista de Sustentabilidade

ASSINE NOSSO BLOG

Publicidade

Mais recentes

Categorias

Instagram Orca

Publicidade
Publicidade

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: